A fotobiomodulação é uma tecnologia baseada na exposição da pele à luz em diferentes tamanhos de ondas. E é aí que entra o cluster de LED: cada comprimento de onda tem uma cor e, assim, cada cor tem uma indicação na estética.

No post de hoje vamos falar sobre como escolher o cluster ideal para o seu tratamento estético.

Então, vamos lá?!

Como a fotobiomodulação funciona?

LED NA FOTOBIOMODULAÇÃO

A fotobiomodulação consiste na interação entre a irradiação de luz emitida pelo aparelho e os tecidos biológicos que a recebem. Isso ocorre devido aos fótons, partículas que compõem a luz e que interagem com as camadas da epiderme e derme.

Esta técnica tem se tornado cada vez mais popular, sendo uma excelente opção nos tratamentos estéticos e fisioterapêuticos porque atua na redução das inflamações, no tratamento de acnes, de alergias, no clareamento de manchas, no rejuvenescimento, entre outros.

Para que os tratamentos com a fotobiomodulação sejam direcionados, existem os clusters, que funcionam cada um com uma cor específica, diretamente ligada ao comprimento da onda emitida. Dessa forma, cada onda atinge um objetivo de tratamento.

Os Clusters de LED

O LED (Light Emiting Diode – Diodo emissor de luz) é uma tecnologia simples, de baixo custo e excelente durabilidade. Seu equipamento funciona por meio de cristais semicondutores que emitem as ondas de luz que penetram nos tecidos biológicos e promovem uma reação fotoquímica.

Suas principais características são:

#1. A segurança – não causa danos ao tecido;

#2. O efeito atérmico – não gera calor excessivo

#3. O caráter indolor

#4. E a ausência de efeitos colaterais.

Quais as cores de LED mais usadas nos tratamentos estéticos?

As cores de LED mais utilizadas são: o vermelho, o âmbar, o azul, o verde e o infravermelho. Como cada uma se refere a um comprimento de onda, eles podem variar entre 380nm e 1200nm.

Confira a seguir as principais indicações de cada um deles.

Qual cor e comprimento de onda ideal para cada tratamento?

Comprimento de onda do LED

Cluster de LED verde (525 nm 570 nm)

É utilizado para tratamentos no intuito de atingir a derme papilar (primeira camada da derme).

A principal ação do cluster de led verde é promover a hidratação da pele. Sendo assim, ele auxilia nos tratamentos de:

  • Estrias;
  • Pele desidratada;
  • Manchas;
  • Olheiras;
  • Edemas;
  • Acne; e
  • rosácea.

Cluster de LED azul (400 nm a 470 nm)

O LED azul promove a hidratação da pele e dos fios e potencializa os resultados dos ativos. Além disso, possui efeito clareador e despigmentante, promove a sebo-regulação e é perfeito para a derme reticular (segunda camada da pele).

Os tratamentos feitos com cluster de LED são:

  • Manchas superficiais;
  • Superfície capilar;
  • Lesões benignas, pré-malignas e malignas superficiais; e
  • A acne.
CLUSTER DE LED AZUL TRATA ACNE

Cluster de LED âmbar (570 nm a 590 nm)

Já o LED âmbar é calmante e indicado para peles sensíveis ou com rosáceas.

Assim, suas principais ações são na melhora da circulação sanguínea e linfática, na diminuição de edemas e no estímulo da hidratação e da produção de colágeno.

Por isso, suas principais indicações são:

  • Flacidez;
  • Estrias;
  • Pele desidratada;
  • Manchas;
  • Olheiras;
  • Estímulo de colágeno;
  • Edemas;
  • Acne; e
  • Rosácea.

Cluster de LED vermelho (630 nm a 700 nm)

Em contrapartida, o LED vermelho aumenta a permeação de ativos e a tonificação da pele, assim como também auxilia no aumento da produção de colágeno.

Sua ação é voltada para as camadas mais profundas da pele (como a hipoderme e derme reticular).

As principais indicações do cluster de LED vermelho são:

LED VERMELHO PARA REJUVENESCIMENTO
  • Rejuvenescimento;
  • Alergias;
  • Psoríase;
  • Manchas profundas;
  • Ações anti-inflamatórias, vasodilatador, cicatrizante;
  • Olheiras;
  • Queloide; e
  • Ações na podologia.

Cluster de LED infravermelho (850nm a 1200nm)

Esse LED tem a capacidade de agir desde a derme profunda até a camada muscular enquanto promove a ação anti-inflamatória. Além disso, o LED infravermelho também melhora a permeação de ativos dos cosméticos.

Suas principais ações são:

  • Cicatrização profunda;
  • Imunoproteção;
  • Analgesia;
  • Rejuvenescimento; e
  • Permeação de ativos.
CLUSTER DE LED INFRAVERMELHO TRATA CICATRIZES

Como escolher o cluster ideal?

Você deve ter notado que alguns tratamentos podem ser feitos com mais de um cluster. Por exemplo, o tratamento de estrias pode ser feito com o cluster verde e com o âmbar. Então, como escolher?

A melhor dica é: observe sempre a camada que ele vai atingir e a profundidade da desordem estética da sua cliente. Neste exemplo, se é uma estria nova, mais superficial, use o cluster de LED verde. Mas, se for uma cicatriz mais enraizada, prefira o cluster de LED âmbar.

Gostou desse conteúdo? Aqui têm outros posts que também podem te interessar. Não deixe de conferir!

Agora que você já conhece os inúmeros benefícios do uso de LED, confira em nossa loja online todas as opções de aplicadores que temos para você!

Ah! E não se esqueça de seguir a RentalMed nas redes sociais, porque é por lá que postamos tudo o que acontece por aqui.

Até breve! 😘💙

Facebook Comments