Corrente Russa e Aussie para tratamento estético. Aparelho da Ibramed.

Existem muitas correntes na área da estética. Mas duas, em especial, costumam ser bastante confundidas: a Corrente Aussie e a Corrente Russa. Se você também fica em dúvidas na hora de diferenciar uma da outra e se quer aprender como identifica-las nos aparelhos estéticos, vem com a gente e vamos te explicar tudo!

1. A frequência

Um dos principais diferenciais entre Corrente Russa e Aussie é a frequência com que cada uma opera. Enquanto a Corrente Russa tem uma frequência de 2500Hz, a Aussie pode ter frequência de 1kHz e 4kHz.

2. O pulso

Em segundo lugar, o intervalo de pulso entre as frequências também é diferente. Geralmente, a Corrente Russa tem um intervalo de 10m/s. Ou seja: sua frequência de 2500Hz é distribuída entre pulsos de 10milisegundos.

Já quando falamos da Corrente Aussie, seus intervalos também são variáveis e podem ser de 2 a 4 m/s.

3. Conforto na aplicação

Dessa forma, se considerarmos as características de frequência e pulso de cada uma das correntes elétricas, a sensibilidade do paciente também será diferente.

A Corrente Russa é mais forte, o paciente sente mais. Sendo assim, ela é indicada para clientes que tenham mais condicionamento físico.

Já a Corrente Aussie é mais confortável, o paciente sente a contração de forma menos evidente. Assim, sua indicação é para clientes mais “iniciais” ou seja: que não possuem um preparo físico tão grande.

4. Indicações

Esse é um dos grandes motivos pelos quais Corrente Russa e Aussie são confundidas: sua principal indicação é a mesma. O fortalecimento muscular.

A principal indicação da corrente russa e aussie é o fortalecimento muscular.

Isso porque, apesar do cliente sentir diferenças, as respostas fisiológicas provocadas por essas duas correntes são as mesmas.

Por isso, uma dica é: se você possui as duas correntes disponíveis e quer fazer um tratamento de fortalecimento muscular, comece com a Corrente Aussie e, conforme a evolução do cliente, evolua também o tratamento para a Corrente Russa.

5. Indicação da Corrente Aussie 4Khz

Embora a principal indicação das Correntes Russa e Aussie ser a mesma, há duas possibilidades de tratamentos que apenas a Corrente Aussie de 4KHz oferece:

  • Procedimentos de drenagem linfática e
  • Tratamento de analgesias.  

Quais aparelhos têm Correntes Russa e Aussie?

1. Corrente Russa

O Sonopulse II (Ibramed) é um aparelho de Ultrassom com Terapias Combinadas de 20W de potência e que, além da Corrente Russa, possui as correntes Interferencial, Polarizada e Alta Voltagem.

Com ele, você pode fazer tratamentos de tonificação muscular, gordura localizada, celulite, pós e pré-operatório, cicatrizes, fibroses e aderências.

2. Corrente Aussie

O Heccus Turbo (Ibramed) é o único aparelho de Ultrassom e Terapias Combinadas a possuir a Corrente Aussie. Com  a maior potência do mercado (72W) e 8 canais (o que permite trabalhar com até 16 eletrodos), o Heccus Turbo permite que você trate flacidez, gordura localizada, drenagem linfática, analgesias e muito mais.

3. Corrente Russa e Aussie

Já o Neurodyn 10 canais (Ibramed) é um aparelho de eletroestimulação com as duas correntes: Russa e Aussie. Com 10 canais de saída, ele permite a aplicação em várias áreas do corpo e a evolução do tratamento de clientes sem preparo físico (como falamos antes).

Já sabe né? Se seu aparelho com correntes elétricas possui uma corrente de frequência 2500Hz e Pulso de 10m/s, ele tem uma Corrente Russa. Mas, se a corrente for em frequências de 1KHz ou 4KHz e pulsos de 2 e 4m/s – você tem uma Corrente Aussie.

Gostou do post? Aqui tem outros textos que também podem te interessar.

Até a próxima.

Facebook Comments