Tecarterapia

Existente na Europa há mais de 20 anos, a Tecarterapia é reconhecida por suas aplicações na medicina e na fisioterapia – principalmente na esportiva. Mas não foi até recentemente que os profissionais e as marcas brasileiras passaram a estudar e difundir sua aplicabilidade dentro da estética.

Por aqui, a tecnologia chegou em 2019 com a fama de “a evolução da Radioterapia” e já foi logo virando tendência. Dentre os motivos estão a variedade em tratamentos, a possibilidade de tratar regiões como as da estética íntima e o alto investimento das marcas em produzir equipamentos especializados. 

Mas o que, afinal, é a Tecarterapia? E como você pode utilizá-la na sua clínica?

Transferência Elétrica CApacitiva e Resistiva. O que é?

A Tecarterapia é um método terapêutico não invasivo que atua através de correntes elétricas de alta frequência – transmitidas para os tecidos sob os quais é direcionada. Assim, a Tecarterapia é classificada como um tipo de termoterapia profunda.

Seu principal diferencial é a atuação conjunta de duas manoplas – uma capacitiva e a outra resistiva. Isso viabiliza a produção de calor e faz com que seus efeitos sejam não só da derme e epiderme, como também a nível subcutâneo e muscular.

Tecarterapia: modo capacitivo e modo resistivo.

Vários tratamentos realizados com a Tecar são mais eficazes, inclusive, se você utilizar as duas manoplas: ou juntas, ou entrando primeiro com a capacitiva (para aquecer e quebrar a impedância do tecido) e, depois, com a resistiva.

Como este método utiliza do mesmo tipo de ondas que a Radiofrequência, ainda há bastante confusão entre eles. No entanto, além das diferenças em relação às manoplas, há uma diferenciação técnica entre as duas: a Tecarterapia não se encaixa nas faixas determinadas pela ANATEL para as terapias de radiofrequência. Sua compreensão é de 300kHz a 1.2MHz.

Quais os tratamentos estéticos você pode fazer com a Tecarterapia?     

Por causa dos eletrodos capacitivo e resistivo, a Tecarterapia consegue produzir efeitos:

  • Atérmicos (que promovem a bioestimulação);
  • Térmicos (que produzem o aumento da vascularização); e
  • Hipertérmicos (que geram a hiperativação).

Sendo assim, quando você for aplicar procedimentos utilizando a Tecarterapia, deve escolher qual destes efeitos utilizar – dependendo de qual resultado você procura. A partir disso, você tem uma variedade enorme de procedimentos para realizar nas áreas de fisioterapia e estética.

No campo da estética, as principais aplicações são:

  • O tratamento da flacidez facial, corporal e íntima;
  • A remoção ou melhora na aparência de cicatrizes e marcas;
  • O rejuvenescimento facial (de rugas e sinais de expressão);
  • A eliminação da gordura localizada e da celulite;
  • A remodelagem corporal; e
  • Ações na estética íntima (como o rejuvenescimento e a flacidez).
Aplicação de tecarterapia

Em quem não posso aplicar a Tecarterapia?

Você pode aplicar procedimentos que envolvem a Tecar na face e no pescoço – contudo não pode envolver a região da tireoide.

Além disso, há contraindicações:

  • Para as gestantes;
  • Em pacientes que possuam marca-passo ou implantes metálicos no corpo;
  • Em pessoas que estejam com quadros infecciosos ou com febre;
  • Nos pacientes com câncer ou que já tenham tido a doença.

Quais equipamentos são indicados para a Tecar?

Mesmo se tratando de uma terapia de uso recente na estética brasileira, o mercado já oferece boas e variadas opções para quem quer incluir a Tecarterapia na sua clínica. Vamos te dar dois ótimos exemplos:

1. O Ethernia Cold Tekah – da Medical San

Produzido pela Medical San, o Ethernia Cold Tekah possui uma plataforma múltipla. Isso quer dizer que através dele você poderá trabalhar não só com a Tecarterapia, mas também com a Radiofrequência, a Criofrequência e a Eletroporação.

O equipamento possui aplicadores faciais, corporais e íntimos que são práticos de manusear. Com radiofrequências de 650kHz, 1200kHz e 2400kHz, o modelo tem eletrodos capacitivo e resistivo, monopolar e bipolar.

Além disso, ele ainda possui uma tela touchscreen e uma potência de 500W. É um aparelho completo e fácil de regular.

2. O Nèartek – da Ibramed

Lançamento da Ibramed, o Nèartek é um equipamento brasileiro, especialmente voltado para a Tecarterapia. Por isso, as suas faixas de frequência são de 500kHz e 1MHz.

Este é um equipamento portátil, mas que também pode ser adquirido junto com um rack (vendido separadamente). Dessa forma, o Nèartek pode ser utilizado tanto nas práticas clínicas, quanto em home care.

Um dos seus grandes diferenciais são os aplicadores capacitivos e resistivos: ambos têm eletrodos monopolares (no caso dos discos autoclaváveis), bipolares, tetrapolares e decapolares (no caso das esferas).

Mas como escolher o equipamento de Tecarterapia?

Equipamentos de tecarterapia

Se você está começando a trabalhar com a técnica e ainda não sabe em qual aparelho investir, temos duas dicas: em primeiro lugar, converse com um vendedor especializado que vai entender suas necessidades e te ajudar na escolha mais apropriada para sua clínica. 

Ao passo que fizer isso, se você ainda não tiver a certeza de como as suas clientes vão receber a novidade, ou qual será a adesão aos tratamentos com Tecar, alugue um equipamento. Desse modo, dá para fazer um teste com seu público e aproveitar para ver se esta é a escolha ideal pra você e para a sua clínica.

Nós da RentalMed podemos te ajudar com as duas opções: trabalhamos com vendas para todo o Brasil e também com locação para o estado de Santa Catarina.

Quer saber mais? Entre em contato com um de nossos especialistas. Clique aqui para mandar uma mensagem via WhatsApp ou, se preferir, ligue para o telefone (48) 3304-9699 ou acesse o nosso site. 

Eaí, gostou de saber mais sobre a Tecarterapia? Então comenta com a gente se você já usa na sua clínica ou se está pensando em aderir!

Neste link, você encontra mais artigos como este 🙂 Ah, e você também pode seguir a RentalMed nas redes sociais para ficar por dentro de tudo o que acontece por aqui!

Facebook Comments