ultrassom para a estética: quais as diferenças

Ultrassom de Alta Potência, Cavitador, Ultrassom Focalizado (HIFU): são MUITOS os tipos de aparelhos de emissão de ondas sonoras na estética. Qual a diferença entre eles? E como saber qual é o melhor aparelho de ultrassom para sua clínica?

O Papo de estética vai te explicar as principais características de cada ultrassom e como diferenciá-los.

Ultrassom de Alta Potência

Também conhecido como “Ultrassom Convencional” ou “Ultrassom de 3MHz” este é o ultrassom mais utilizado na estética atualmente. Principalmente porque os aparelhos com essa tecnologia também costumam vir com terapias combinadas (correntes elétricas de vários tipos que podem ser associadas ao tratamento).

Por isso, esse é o aparelho com mais indicações de tratamentos estéticos, como: celulite, fibroses, aderências, edemas, pós-operatório e gordura localizada. A gordura localizada é, aliás, uma das especialidades em comum entre os três tipos de ultrassom.

O que difere, no entanto, é:

#1. Seu aplicador com cristal plano: que gera uma energia menos concentrada;

#2. Seu efeito fisiológico: seu principal modo de ação é através da lipólise;

#3. A frequência: geralmente, suas frequências giram em torno de 1MHz e 3MHz.

Quais são os principais aparelhos de Ultrassom de Alta Potência?

#1. O Heccus Turbo, da Ibramed

#2. O Novo Hibridi, da HTM

#3. O Manthus Start, da KLD e

#4. O Velox, da Tonederm

Ultrassom de alta potência

Ultrassom Cavitacional

Há algumas formas diferentes de se referir a este tipo de ultrassom na estética: cavitação, ultracavitação, lipocavitação, entre outros. Mas todos eles seguem o mesmo princípio de emissão de ondas sonoras.

Se você conhece um pouco sobre US, deve saber que, independentemente do tipo, todos eles fazem a cavitação. sendo assim, o que difere estes em específico é que eles são os que mais se aproximam de uma cavitação estável: que é o que a estética mais busca.

Outros fatores importantes de destaque são:

#1. A frequência: geralmente, gira em torno nos 40kHz – que é, mais ou menos, a frequência dos adipócitos. Por isso, sua aplicação é mais profunda e consegue tratar até a gordura visceral;

#2. O aplicador, com um cristal plano, mas que gera uma concentração de energia maior que a gerada pelo Ultrassom de Alta Potência;

#3. Seu efeito fisiológico: que é principalmente através da necrose;

#4. As indicações: gordura localizada e celulite. Mas, para a gordura localizada, o ideal é que a pessoa tenha uma tela subcutânea grande, suficiente para fazer uma boa prega na avaliação.

Quais os principais aparelhos de Cavitação?

#1. MaxiShape Ultra, da Bioset

#2. Cavicell, da Cecbra

#3. Lipocavity New, da Medical San

Ultrassom de cavitação para uso na estética

Ultrassom Focalizado

O Ultrassom Focalizado tem duas variações: o microfocado e o macrofocado. Os dois, no entanto, usam a mesma forma de emissão das ondas sonoras: o HIFU. Esta é a forma mais lesiva de todas – que atua não só pela necrose, mas por uma necrose térmica.

Suas principais características são:

#1. O aplicador com um cristal côncavo: que faz com que as ondas sejam emitidas em uma mesma direção, de modo a se cruzarem em um ponto: que acertará o tecido com toda a energia concentrada.

#2. Potência: por isso, suas doses são mais altas e, comumente, seus aparelhos mais potentes (chegando a até 2 joules);

#3. Suas indicações: também trata muito bem a gordura localizada (através da necrose do tecido adiposo, como dissemos). Além disso, serve para tratamento de estrias, flacidez, celulite e rejuvenescimento – através do lifting sem cortes.

Quais os principais aparelhos de Cavitação?

#1. O Herus HIFU, da Fismatek

#2. O Ultrafocus, da HTM

#3. O Sonofocus, da Ibramed

#4. O Lipo Soon, da Tonederm

Ultrassom Microfocado

E aí, gostou de saber mais sobre as diferenças entre os tipos de ultrassom estéticos que temos no mercado? Então deixa nos comentários qual é o perfeito para sua clínica.

Não deixe de seguir a RentalMed nas redes sociais, porque é por lá que divulgamos todas as promoções e novidades que acontecem por aqui.

Facebook Comments